Início > pensando > O mote da varanda

O mote da varanda


IMG_0145IMG_0142

Tenho dividido meus dias entre dois lugares bem distintos: a cidade e “a roça” (quem já foi ao Xangrilá entende o que eu digo). O amanhecer em um e em outro lugar coloca-me diante de cenários diferentes.

No final das contas, as duas varandas fundem-se em uma só. Ali, sentado, pensando na vida, cometi o Mote da Varanda

Da varanda vejo a rede, vejo o bosque, vejo o azul
Vejo o aço, vejo o concreto e vejo a pressa
Da varanda eu vejo o belo que Deus me dá

Da varanda eu sinto o orvalho e o latido dos cachorros
Sinto a fumaça nos poros, no carro, na cama
Da varanda eu sinto tudo o que Deus me dá

Da varanda eu vejo o sorriso de menina do meu amor
Dos meninos que me renovam a esperança
Da varanda eu vivo tudo o que Deus me dá

Da varanda eu gozo a vida – no asfalto ou no mato
Em caminhos de um futuro que eu preciso construir
Sendo eternamente grato pela varanda que Deus me dá.

Anúncios
Categorias:pensando
  1. Heloisa
    maio 4, 2015 às 9:54 pm

    Muito lindo Lau!!! Bjssss

  2. maio 6, 2015 às 2:49 pm

    Hummm eu gosto dessa varanda… do Xangrilá é claro…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: