Início > lendo, pensando > A tecnologia, os tecidos, os poemas e eu

A tecnologia, os tecidos, os poemas e eu


Outro dia, li um artigo sobre inovação que dizia o seguinte:

Etimologicamente, a palavra tecnologia significa “um jeito melhor de fazer as coisas”

O artigo é bem escrito. Recomendo a leitura. Mas eu queria falar de outra coisa.

O que chamou mesmo a minha atenção foi a definição que o autor deu para a palavra “tecnologia”. Cavoucando em alguns dicionários de etimologia pela net, surpreendi-me ao descobrir que o prefixo “tecno” vem da mesma raiz que a palavra “tecer”, usada para descrever o trabalho daqueles que, a partir da combinação e integração de elementos primários, criavam novas estruturas, novos elementos, novas coisas.

Ou seja, assim como o tecelão, o técnico é, em sua essência, um artista, um poeta.

Técnicas, tecidos, poesia… Descobri, então, porque desde sempre fui fascinado pelo que se convencionou chamar de tecnologia. Ela é a “sistematização de um método de criação”, que concebe, planeja, integra, ajusta e, enfim, cria o novo ou transforma o velho.

Ora, isso é algo que eu sei desde criança, quando aprendi que, “no princípio, criou Deus os céus e a terra”. Obviamente, devo dizer que a maneira como Deus teceu muitas das coisas que existem no mundo ainda é um grande e maravilhoso mistério para mim – o que é igualmente poético.

Então, quando penso que minha vida é fruto do trabalho e do talento deste Deus poeta, percebo mais claramente o propósito das coisas que tenho vivido – os desafios, as alegrias e os sofrimentos.

Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. (Romanos 12:1-2, Bíblia NTLH)

Percebo a mão do artista que me concebeu e me formou, ajustando-me e transformando-me, para que eu possa viver de maneira plena e estar preparado para fazer aquilo que ele planejou que eu faça – transformando o mundo em que vivo, e as pessoas à minha volta.

Fique com Deus.

Anúncios
Categorias:lendo, pensando
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: